Um pouco sobre Tales de Mileto

Famoso por seu teorema sobre retas paralelas sobrepostas por transversais, Tales viveu no período pré-clássico da história grega, entre 624 – 548 a.C. Neste período, a Grécia iria consolidar-se como a potência dominante do mundo conhecido, pois espalhavam-se colônias gregas pelo mediterrâneo.

car

Infelizmente, se Tales deixou trabalhos escritos, eles não sobreviveram até nós. Tudo o que se conhece deste notável polímata, veio de seus comentadores, muitos deles tardios. Tales nasceu em uma cidade localizada localizada na transição entre o mundo antigo (Babilônia e Egito) e o mundo moderno à época (as colônias gregas). Por causa disso, obteve conhecimento dos antigos orientais com facilidade. Diz-se que viajou à Babilônia de Nabucodonosor, e teve contato com os diversos materiais disponíveis, como as tabletas trigonométricas e astronômicas daquele povo.

Uma de suas maiores lendas conta que, em 585 a.C, teria predito um eclipse solar, assombrando seus contemporâneos. Apesar de não ser confirmada, a lenda é utilizada para datar o nascimento e a morte do famoso matemático.

Contribuições à Matemática

 Teorema de Tales para a circunferência: um ângulo inscrito em uma semicircunferência é um ângulo reto.

car

Fonte: UFRGS

Esta fato já era conhecido pelos antigos babilônicos, o que joga a favor da ideia de que Tales teria difundido o teorema no mundo grego. Frequentemente, é dito que Tales teria demonstrado este fato, numa forma rigorosa. A matemática antes dos gregos antigos era praticamente aplicada, sem a busca por provas abstratas dos fatos. Egípcios e babilônicos utilizam fatos geométricos em aplicações cotidianas, como no caso da construção das pirâmides. Somente na Grécia, os matemáticos passaram a buscar demonstrações formais daqueles fatos.

Tales é tido como o matemático que demonstrou o teorema da semicircunferência, por isso, creditam-lhe o título de primeiro matemático da história, em alusão ao início da era de ouro da matemática antiga, com as demonstrações rigorosas.

 

Além deste fato, outros teoremas geométricos são apontados como sendo demonstrações pioneiras de Tales de Mileto.

Fontes Históricas

Conforme dissemos, Tales não deixou trabalhos escritos conhecidos. A menção que situa Tales no rol dos maiores matemáticos, provém da tradição histórica que recai sobre ele. Um filósofo da era cristã, o neo-platônico Proclus (410-485 d.C), resumiu a história de Tales de um antigo livro sobre história da matemática. Este livro foi escrito por Eudemo de Rodes, cerca de 200 anos depois do tempo de Tales. Deste modo, cerca de mil anos depois da vida do matemático, temos uma fonte histórica em terceira mão de sua história.

 Apesar de não termos os documentos necessários para atribuir a Tales a criação da geometria demonstrativa, as tradições sugerem que o início deste período de ouro ocorre à época de Tales. Sem dúvida, um símbolo para os grandes matemáticos antigos e atuais.

Por Plenus

Referências:

[1] – Boyer. C. B – História da Matemática

 

 

Loading...