Nova caverna dos Pergaminhos do Mar Morto, mas onde estão os documentos?

Arqueólogos trabalhando em Israel, afirmam ter achado novas evidências que enriquecem o estudo ao redor dos Pergaminhos do Mar Morto. Desta vez, uma nova caverna pode abrigar mais rolos, como no passado, em 1947, diversos rolos foram descobertos contendo livros do antigo testamento. Situada em penhascos ocidentais de Qumran, próximo à costa noroeste do Mar Morto, o local é apontado como a décima segunda caverna do circuito de descobertas envolvendo os Pergaminhos do Mar Morto.

saraiva

Casey L. Olson and Oren Gutfeld

Escavações ,no interior da notável caverna, revelaram que os pergaminhos do período do Segundo Templo (Templo de Herodes) foram depositados no local, mas, infelizmente, foram saqueados na metade do século XX. Apesar disso, trata-se de uma descoberta surpreendente, que incrementa a já fascinante história dos Pergaminhos do Mar Morto.

Historiadores, arqueólogos e teólogos consideram os Pergaminhos do Mar Morto como a mais importante descoberta arqueológica do Século XX. Os notável corpo de documentos inclui muitos manuscritos bíblicos, bem como uma gama variada de textos de outras religiões e documentos não religiosos.

Os pesquisadores Ahiad Ovadia e Oren Gutfeld, do instituto arqueológico da Universidade Hebraica de Jerusalém, em colaboração com Randaal Price, da Universidade da Virgínia (EUA), conduziram um estudo na caverna de número 12. Eles são os primeiros arqueólogos a desenterrar e escavar o local, nos últimos 60 anos. Assim que os trabalhos iniciaram-se, foi revelado que a caverna abrigara, no passado, documentos relativos aos Pergaminhos do Mar Morto. Recipientes em forma de jarras, datados do período do segundo templo, foram encontrados no local.

Todos os objetos encontravam-se quebrados e desprovidos de seus conteúdos documentais. Conforme avançavam nos trabalhos, os escavadores descobriram um par de machados de ferro, datados de 1950, sugerindo o saque dos pergaminhos na época.

As escavações na caverna 12 foram parte da ‘Operação Pergaminho’, uma nova iniciativa promovida pela autoridade israelita de antiguidades, a fim de empreender uma varredura nos sítios arqueológicos e escavações adicionais na região do deserto da Judeia.

New Historian