Hubble captura imagens de aurora jupiteriana

e

NASA, ESA, and J. Nichols (University of Leicester)

Astrônomos estão utilizando o Hubble (NASA/ESA) para estudar auroras – aquelas maravilhosas luzes que brilham na atmosfera de um planeta – nos polos do maior planeta do sistema, Júpiter.

O fenômeno ocorre quando partículas espaciais carregadas, no entorno do planeta, aceleram à altas energias contra o campo magnético do planeta. Ao chocar-se com a atmosfera próxima aos polos magnéticos, provocam um brilho como gases fluorescentes. A magnetosfera jupiteriana (esfera magnética que envolve Júpiter) é 20.000 vezes mais forte que a terrestre. As observações revelarão o comportamento da mais poderosa magnetosfera do sistema solar.

Nasa

Loading...