Bibliotecária britânica encontra impressões raras do século 15

Uma bibliotecária britânica acabou encontrando uma antiga página impressa, dos tempos em que a impressora foi criada na Europa. O papel de 540 anos vem de livros religiosos (breviários) carregados por padres da época, e foi impresso por William Caxton, aquele que introduziu a máquina impressora na Inglaterra.

Erika Delbecque, da Universidade de Reading, afirma: “Suspeitei que o papel era especial, assim que o vi”. Erika foi a responsável por encontrar o papel nos arquivos.

O papel possui duas páginas impressas, e as características da impressão coincidem com a época dos primórdios da tecnologia de impressão na Europa ocidental.

University of Reading

De acordo com os pesquisadores ligados a Delbecque, a página data dos anos 1476 ou 1477, época em que Caxton imprimiu o livro “Sarum Ordinal”. Este livro — escrito por Santo Osmundo , santo católico de origem britânica e bispo de Salisbury, no século 11 depois de Cristo — trata de assuntos litúrgicos aos padres e bispos e foi usado até a reforma protestante.

Após a impressão deste livro, Caxton produziu outros livros como “Os Contos da Cantuária” e a primeira versão inglesa dos clássicos “Fábulas de Esopo” e “Metamorfose”, de Ovídio. Caxton também é apontado como um dos primeiros que imprimiram versos bíblicos em inglês.

LiveScience